01:24 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus e o mundo no início de novembro (39)
    0 32
    Nos siga no

    A França registrou 52.518 novos casos casos do coronavírus nesta segunda-feira (2), recorde diário no país desde o início da pandemia. 

    Geralmente, os números contabilizados nas segundas-feiras eram mais baixos do que no restante da semana, pois aos domingos costumam ser realizados menos testes. 

    Segundo as autoridades sanitárias, foram registradas mais 416 mortes, contra 231 no domingo (1º). A França soma até o momento 37.435 óbitos pelo coronavírus. 

    Na sexta-feira (30), o governo francês decretou novamente lockdown, que terá duração de pelo menos quatro semanas. A medida, no entanto, ainda não teve o efeito desejado. Segundo especialistas, para diminuir a curva da doença são necessárias duas semanas. 

    Pela quarta vez em oito dias, mais de 1.000 pessoas foram hospitalizadas devido à COVID-19. No momento, 32.292 pacientes estão internados no país. 

    Segunda onda atinge Europa

    Ao todo, a França tem 1.466.433 casos do coronavírus, segundo as autoridades locais. O país é o quinto mais afetado do mundo pela pandemia, atrás dos Estados Unidos, Índia, Brasil e Rússia. 

    Várias nações da Europa estão registrando uma alta nos casos e mortes pela COVID-19 nas últimas semanas, o que é apontado por especialistas como uma segunda onda do vírus. 

    Em função disso, as medidas de isolamento social, que tinham sido relaxadas, voltaram a ser reforçadas em países como Espanha, Portugal, Alemanha, Itália, Reino Unido e Holanda. O primeiro lockdown na França vigorou de 17 de março até 11 de maio. 

    Tema:
    Coronavírus e o mundo no início de novembro (39)

    Mais:

    Novo coronavírus imita proteínas imunológicas humanas para sobreviver mais tempo no hospedeiro
    Laboratório alemão informa que vacina contra COVID-19 induziu 'resposta imune' em fase 1
    Rússia alerta que planos de Washington de instalar mísseis na Europa aumentam risco de confrontação
    França vai reforçar controle fronteiriço ante ameaça terrorista
    Tags:
    lockdown, pandemia, novo coronavírus, COVID-19, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar