20:42 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    51418
    Nos siga no

    A polícia da França prendeu um homem suspeito de ter atacado um padre ortodoxo a tiros na cidade de Lyon, sudoeste do país, neste sábado (31). O autor dos disparos chegou a fugir na sequência e é procurado pelas autoridades.

    Informações publicadas no Twitter pela agência AFP apontam que a vítima é um padre ortodoxo de nacionalidade grega e que se encontra em estado grave.

    Segundo uma fonte policial, o padre estava fechando a igreja quando foi atingido por tiros. Informações preliminares mostram que o agressor teria por volta de 40 anos e não conhecia a vítima.

    O Ministério do Interior da França alertou os cidadãos para que evitem a região e informou que as forças de segurança estão no local.

    #Lyon: um homem baleado e ferido na rue St-Lazare, no 7º arrondissement, em circunstâncias ainda obscuras. Dizem que o atirador está fugindo. O local atualmente cercado por #policiais

    O ministro do Interior, Gerald Darmanin, disse que está retornando para Paris, onde formará um comitê de crise junto com o primeiro-ministro Jean Castex e o presidente Emmanuel Macron.

    #Lyon: evite a área e siga as instruções. Ajude nossas forças de segurança a deixar o local seguro. Volto para Paris para abrir uma unidade de crise, em conjunto com o Presidente da República e o Primeiro-Ministro.

    O ataque deste sábado (31) ocorre dois dias após Brahim Issaoui, um tunisiano de 21 anos, matar três pessoas que saiam da Basílica de Notre-Dame de Assunção, no centro de Nice, no sul da França.

    Entre as vítimas estava a brasileira Simone Barreto Silva, de 44 anos, nascida em Salvador, na Bahia.

    Mais:

    Homem é preso em Jidá, Arábia Saudita, após esfaquear segurança no Consulado da França, diz mídia
    Brasileira é confirmada entre as vítimas do atentado à basílica de Nice, na França
    Pesquisadores descobrem que pinturas rupestres do norte da Espanha têm 'estilo francês' (FOTOS)
    Ex-espião do Mossad 'aplaude' França por despertar do 'vírus do politicamente correto'
    Patrulha das Marinhas do Brasil e da França notifica 4 embarcações no norte brasileiro (FOTO)
    Tags:
    padre, assassinatos, assassinato, assassino, morte, ataque, Lyon, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar