00:43 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    2280
    Nos siga no

    A Rússia começou a observar navios de guerra e de transporte da Aliança Atlântica da Grécia, França, Itália e Espanha, que entraram no mar Negro nesta quinta-feira (29).

    A Frota do Mar Negro da Rússia começou a vigiar um grupo de navios de guerra estrangeiros que entraram nesta quinta-feira (29) no mar Negro, relata o Centro Nacional de Gestão da Defesa da Federação da Rússia.

    "As forças e meios da Frota do Mar Negro deram início ao monitoramento contínuo de um grupo de navios de guerra de minas das Forças Navais conjuntas da OTAN, que entraram no mar Negro em 29 de outubro de 2020", diz o comunicado.

    Segundo a declaração, o grupo inclui um navio de transporte universal Aliakmon da Marinha da Grécia, o navio de guerra de minas Orion da Marinha da França, o navio de guerra de minas Alghero da Marinha da Itália e o navio de guerra de minas Duero da Marinha de Espanha.

    De acordo com a Convenção de Montreux, o tempo máximo de permanência no mar Negro de navios de países que não façam fronteira com o mar é de 21 dias.

    Mais:

    Esper: movimentação 'estratégica' de tropas dos EUA na Europa visa conter a Rússia
    Atividades militares de OTAN e EUA aumentam a 20 km da fronteira russa, diz chefe do Estado-Maior
    Atividades de aviões espiões estrangeiros sobre o mar Negro aumentaram 40% em 2020, afirma Rússia
    Rússia intercepta 2 bombardeiros dos EUA se aproximando de suas fronteiras
    Tags:
    Convenção de Montreux, Marinha da Itália, Marinha da França, Espanha, Itália, França, Grécia, mar Negro, OTAN, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar