09:00 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    4140
    Nos siga no

    O oficial chegou para o turno bêbado e segurando um saco de frango assado. Alarmados, membros da tripulação alertaram os superiores que o oficial "não estava em condições de estar no comando".

    O tenente-comandante da Marinha Real britânica Len Louw, 40 anos, alarmou os tripulantes do submarino nuclear HMS Vigilant, atualmente em Georgia, EUA, ao chegar bêbado para assumir o comando dos 16 mísseis nucleares da embarcação.

    Louw não apenas tinha bebido, mas também estava segurando um saco com frango assado, afirma o tabloide The Mirror. Membros da tripulação notificaram os superiores quando perceberam que algo estava "seriamente errado" com o tenente Louw.

    Ao assumir o turno, o oficial da Marinha Real deveria iniciar um procedimento de manutenção em que a tripulação descarregaria um dos 16 mísseis nucleares, cada um pesando 60 toneladas e tendo o poder combinado de matar quase toda a população do Reino Unido.

    Louw foi enviado de volta à base usual do submarino em Faslane, Escócia. Uma investigação sobre o caso foi iniciada.

    Mais:

    Marinha dos EUA se prepara para construir destróier de última geração
    Marinha chinesa monitora e rastreia destróier dos EUA no estreito de Taiwan
    Fraquezas da Marinha dos EUA são apontadas pela mídia norte-americana
    Marinha da Índia testa com sucesso míssil de cruzeiro supersônico no mar Arábico
    Tags:
    frango, álcool, Reino Unido, Exército britânico, britânico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar