08:15 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)
    0 51
    Nos siga no

    Pesquisadores estão relatando o que parece ser a primeira morte decorrente de uma reinfecção pelo novo coronavírus. A paciente seria uma holandesa de 89 anos que sofria de um tipo de câncer sanguíneo.

    "Aqui, relatamos um caso de reinfecção, em uma mulher holandesa de 89 anos, sofrendo de macroglobulinemia de Waldenström, tratada com terapia de depleção de células B. Ela se apresentou ao pronto-socorro com febre e tosse forte e contagem de linfócitos de 0.4x109 / L. Um SARS-CoV-2 RT-qPCR (E-gen) interno, [2] em um swab nasofaríngeo, foi positivo", disseram os cientistas em estudo publicado pela Oxford University Press. 

    De acordo com os pesquisadores, após a primeira infecção, a paciente teve alta depois de cinco dias e, eventualmente, seus sintomas diminuíram. No entanto, cerca de dois meses depois, ela contraiu a COVID-19 novamente.

    "Dois dias após um novo tratamento de quimioterapia, 59 dias após o início do primeiro episódio de COVID-19, a paciente desenvolveu febre, tosse e dispneia. Na admissão, sua saturação de oxigênio era de 90% com uma taxa respiratória de 40 / min. O SARS-CoV-2 RT-qPCR em um swab nasofaríngeo foi positivo... No dia 8, a condição da paciente piorou. Ela morreu duas semanas depois." 

    O incidente está sendo tratado como o primeiro óbito confirmado por reinfecção pelo novo coronavírus, nos mais de 20 casos relatados globalmente desde o início da pandemia.

    Tema:
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)

    Mais:

    Mais de 12 mil russos já receberam vacina Sputnik V contra COVID-19
    OMS diz que vacina contra COVID-19 pode ficar pronta até final de 2020
    Brasil tem 203 mortes em 24h por COVID-19 e média móvel de óbitos entra em queda
    Especialista avalia possibilidade de reinfecção do coronavírus
    Tags:
    pandemia, novo coronavírus, infecção, vítima, morte, COVID-19, Oxford University Press, Holanda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar