22:21 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3330
    Nos siga no

    O governo dinamarquês deu autorização ao consórcio Nord Stream 2 AG para operar gasoduto Nord Stream 2 na plataforma continental dinamarquesa.

    A Agência de Energia da Dinamarca (DEA, na sigla em inglês) concedeu permissão ao consórcio Nord Stream 2 AG, de propriedade exclusiva da gigante russa Gazprom, para que opere o gasoduto Nord Stream 2 na plataforma continental do país.

    O pedido de permissão foi solicitado pelo consórcio Nord Stream 2 AG em novembro de 2019, vindo a receber resposta positiva nesta quinta-feira (1º).

    "A Agência de Energia da Dinamarca concedeu permissão ao Nord Stream 2 AG para operar gasoduto Nord Stream 2 na plataforma continental da Dinamarca", segundo comunicado.

    A permissão, segundo comunicado, foi dada com base em condições, que devem ser cumpridas para segurança da operação do gasoduto.

    Navio-grua Akademik Chersky, apto a concluir a construção do gasoduto Nord Stream 2
    © Sputnik / Mikhail Golenkov
    Navio-grua Akademik Chersky, apto a concluir a construção do gasoduto Nord Stream 2
    "Condições para permissão de construção do Nord Stream 2 de 30 de outubro de 2019 são mantidas na medida em que ainda não tenham sido cumpridas ou sejam relevantes em relação à fase de operações", segundo a DEA.

    O Nord Stream 2 corresponde à construção de duas linhas de gasoduto de potência total de 55 bilhões de metros cúbicos de gás por ano do litoral russo à Alemanha através do mar Báltico.

    Mais:

    Alemanha oferece acordo bilionário aos EUA para retirarem sanções do Nord Stream 2, diz mídia
    Politico enumera 6 cenários em que Alemanha pode 'matar' Nord Stream 2
    'Ninguém constrói um duto só para irritar alguém', diz ex-ministra austríaca sobre Nord Stream 2
    Tags:
    Dinamarca, Alemanha, Nord Stream 2, gasoduto, energia, gás
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar