08:59 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1213
    Nos siga no

    Além da perda dos veículos e quatro helicópteros, dezenas de civis em Nagorno-Karabakh e Azerbaijão ficaram feridos em meio aos combates.

    Neste domingo (27), a secretária de imprensa do Ministério da Defesa da Armênia, Shushan Stepanyan, afirmou que o Azerbaijão perdeu quatro helicópteros, 15 blindados e dez tanques em meio ao recente agravamento do conflito no território disputado.

    "A divisão de Defesa do Exército [de Nagorno-Karabakh] realiza combates defensivos nas linhas de contato no norte, sul e sudoeste, impedindo o avanço inimigo. O adversário enfrenta grandes perdas de armamentos e pessoal. A divisão de defesa destruiu quatro helicópteros, aproximadamente 15 drones de ataque, dez tanques e veículos blindados", divulgou Stepanyan em seu Facebook.

    Além disso, segundo Stepanyan, citando o representante da Defesa da república não reconhecida, Artur Sarkisyan, os combates provocaram a morte de 16 soldados armênios e ferimentos em outros 100 militares do lado armênio.

    Agravamento do conflito étnico em Nagorno-Karabakh
    © AFP 2020 / Vahram Baghdasaryan
    Soldado do exêrcito da autoproclamada República de Nagorno-Karabakh bombardeia posições inimigas no dia 3 de abril

    Enquanto isso, a procuradoria azeri informa sobre o aumento do número de feridos entre sua população civil como resultado dos ataques de artilharia.

    Segundo a procuradoria, foram danificadas numerosas casas em cerca de oito povoados, bem como destruídas instalações agropecuárias e veículos em regiões próximas à área do conflito. "Até o momento, entre a população civil, há 14 pessoas com diferentes ferimentos, que foram hospitalizadas".

    Anteriormente, o Ministério da Defesa azeri informou que as Forças Armadas da Armênia dispararam contra povoados na linha de contato no território de Nagorno-Karabakh, resultando em diversas mortes. Porém, Baku dispensou decretar a lei marcial e a mobilização geral, como a decretada por Erevan neste domingo (27).

    O conflito começou ainda em 1988, quando a região autônoma de Nagorno-Karabakh anunciou a sua saída da República Socialista Soviética do Azerbaijão. Na década de 1990, em meio ao confronto, Baku perdeu o controle sobre o território assim como sobre as regiões adjacentes.

    Mais:

    VÍDEOS mostram escalada do conflito militar entre Armênia e Azerbaijão
    Armênia declara lei marcial após escalada de conflito militar com Azerbaijão em Nagorno-Karabakh
    Conflito entre Índia e China em fronteira no Himalaia 'não pode ser descartado', diz especialista
    Tags:
    território, Nagorno-Karabakh, conflito, Defesa, militar, Armênia, Azerbaijão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar