08:00 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    2181
    Nos siga no

    Neste sábado (12), a polícia da Bielorrússia deteve dois jornalistas do canal de televisão polonês Belsat.

    A informação sobre a detenção dos jornalistas foi confirmada à Sputnik pela porta-voz do departamento de polícia do Comitê Executivo da cidade de Minsk, Natalia Ganusevich.

    "Eles foram detidos em um caso administrativo. Eles estão atualmente na delegacia de polícia do distrito de Oktyabrsky, em Minsk", disse Ganusevich.

    Conforme especificado pela Belsat em seu canal no Telegram, os jornalistas detidos são Katerina Andreeva e Max Kalitovsky. Seu equipamento foi confiscado, segundo a emissora.

    A oposição bielorrussa iniciou protestos de massa em todo o país após contestar os resultados da eleição presidencial, em 9 de agosto, quando o presidente Aleksandr Lukashenko foi reeleito para um sexto mandato.

    © REUTERS / Tut.by / Handout
    Detenções na Bielorrússia

    Embora, de acordo com as autoridades eleitorais, Lukashenko tenha recebido mais de 80% dos votos, a oposição insiste que a vencedora do pleito teria sido Svetlana Tikhanovskaya, a candidata opositora.

    A polícia reprimiu as manifestações durante os primeiros dias de agitação, porém reduziu o uso excessivo da força desde então. Mais de 6,7 mil pessoas foram detidas durante a fase inicial do protesto, entre elas muitos jornalistas.

    De acordo com o Ministério do Interior da Bielorrússia, três pessoas morreram e várias centenas ficaram feridas durante esse período, incluindo mais de 130 oficiais das forças de segurança locais.

    Mais:

    Polícia detém dezenas de manifestantes na capital da Bielorrússia (VÍDEO)
    Lukashenko: protestos na Bielorrússia são gerenciados a partir da Polônia, Letônia e outros países
    São detidas participantes de marcha não autorizada na Bielorrússia
    Tags:
    Aleksandr Lukashenko, Bielorrússia, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar