20:16 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 200
    Nos siga no

    Um caça russo MiG-29 escoltou uma aeronave de reconhecimento do Reino Unido sobre o Mar de Barents nesta segunda-feira (7), disse o Centro de Controle de Defesa Nacional do Ministério da Defesa russo.

    Ao longo desta segunda-feira (7), caças russos também foram acionados duas vezes para interceptar aeronaves do Reino Unido e da Noruega sobre o Mar Báltico, conforme aponta um comunicado do Ministério da Defesa da Rússia.

    "Em 7 de setembro de 2020, o controle do espaço aéreo russo das forças de defesa aérea da Frota do Norte detectou um alvo aéreo se aproximando da fronteira do Estado russo sobre as águas neutras do Mar de Barents", diz o comunicado.
    Caça da Frota do Norte durante voo de treinamento
    © Sputnik / Pavel Lvov
    Caça da Frota do Norte durante voo de treinamento

    Para identificar um alvo aéreo e evitar a violação da fronteira russa, um caça MiG-29 das forças de defesa aérea da Frota do Norte foi acionado.

    "A tripulação do caça russo identificou o alvo como uma aeronave de reconhecimento estratégico RC-135 da Força Aérea Real e o escoltou sobre o Mar de Barents", aponta o documento.

    O voo do caça russo MiG-29 foi realizado em estrita conformidade com as regras internacionais para o uso do espaço aéreo, disse, acrescentando que o avião de reconhecimento do Reino Unido não foi autorizado a violar a fronteira do Estado russo.

    Mais:

    Caça russo Su-27 decola para escoltar avião espião dos EUA sobre mar Negro
    Satélite espião de Israel revela detalhes da histórica cidade síria de Palmira (FOTOS)
    Avião espião dos EUA sofre acidente durante treinamento na Virgínia (VÍDEO)
    Tags:
    Mar Báltico, Ministério da Defesa da Rússia, Reino Unido, MiG-29, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar