05:18 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 37
    Nos siga no

    Ancara aprova a realização de negociações com a Grécia, conforme proposto pela OTAN, na esperança de reduzir as tensões em curso no mar Mediterrâneo.

    O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, anunciou que tanto Grécia quanto Turquia concordaram em manter conversações dentro da organização para reduzir o risco de uma nova escalada nas tensões. Todavia, a agência de notícias estatal grega AMNA publicou que fontes diplomáticas em Atenas refutam a afirmação de Stoltenberg.

    "O secretário-geral da OTAN apresentou uma iniciativa para reduzir as tensões no Mediterrâneo Oriental para evitar incidentes indesejáveis ​​no mar e no ar. Esta iniciativa, que é apoiada pelo nosso país, visa também iniciar negociações militares entre os dois países no interior da OTAN, como disse o secretário-geral", informou a chancelaria da Turquia em comunicado. 

    Ancara espera que Atenas apoie esta iniciativa, afirmou o Ministério das Relações Exteriores, acrescentando que o governo turco permanece aberto a negociações com os gregos para encontrar uma solução para a disputa territorial.

    A fricção entre os dois países ocorre por conta do navio turco de exploração Oruc Reis, que está em busca de recursos naturais em território que Atenas afirma ser seu. 

    Atenas colocou seus militares em alerta máximo e levou a disputa para a União Europeia e a Organização das Nações Unidas (ONU). Os dois países realizaram exercícios militares na região. 

    Mais:

    Grécia acusa Turquia de obstruir escolta de bombardeiro B-52 dos EUA durante exercícios da OTAN
    Ferramentas mais antigas que as Pirâmides do Egito são descobertas na Turquia (FOTO)
    Turquia: Maduro e oposição venezuelana estão perto de acordo para participação de eleições
    Turquia inicia desenvolvimento de seu 1º míssil guiado a laser
    Tags:
    Mediterrâneo, navio, tensão, Jens Stoltenberg, OTAN, Grécia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar