07:27 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    Dois passageiros foram detidos e interrogados em terra por causa de um "objeto suspeito". No entanto, foram liberados um pouco depois sem quaisquer acusações.

    Dois caças Typhoon da Força Aérea Real britânica escoltaram no domingo (30) um avião comercial da empresa aérea irlandesa Ryanair proveniente de Viena, capital da Áustria, após o comandante da aeronave ter comunicado "potencial ameaça à segurança a bordo", escreve mídia britânica.

    Especifica-se que um celular esquecido em um dos banheiros da aeronave foi o motivo do alerta terrorista, anunciado pela tripulação que o confundiu com um "objeto suspeito".

    O avião comercial aterrissou normalmente no Aeroporto de Londres Stansted, onde todos os passageiros desembarcaram da aeronave em segurança, em conformidade com os protocolos de emergência.

    Já em terra, dois passageiros, um homem oriundo do Kuwait e outro da Itália, foram detidos devido ao dispositivo encontrado no banheiro do avião. Após serem interrogados, ambos foram liberados sem acusações.

    Segundo Daily Mail, cada hora de voo de caça Typhoon custa até 90 mil libras esterlinas (R$ 652,3 mil). Baseando-se em uma missão de 30 minutos, o envio de dois caças custaria em torno de 90 mil libras esterlinas.

    Mais:

    VÍDEO mostra novo caça futurístico da Força Aérea britânica
    Força Aérea britânica aciona caças Typhoon para interceptar aviões russos Tu-142 (FOTOS)
    Caças britânicos Typhoon interceptam avião russo Il-20 sobre mar Báltico, diz Força Aérea Real
    Tags:
    Londres, ameaça terrorista, escolta, Typhoon, Reino Unido, Força Aérea Real
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar