14:20 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    394
    Nos siga no

    Desde que chegaram relatos de embalagens de desconhecidas sementes misteriosas muitos têm se perguntado sobre a razão de as receberem.

    Desde o fim de julho, têm chegado, pelo correio, a vários países, incluindo França, EUA, Canadá, Reino Unido, Israel e Japão, pacotes de sementes não solicitadas da China, noticiou o jornal francês Le Parisien.

    No final de julho, foram recebidos por indivíduos pacotes de sementes não solicitadas da China. Essas sementes de origem desconhecida podem ser vetores de doenças não presentes no território da França ou provarem ser plantas invasoras.

    O jornal citou o Ministério da Agricultura da França, que ressalta o possível perigo do conteúdo das entregas. As autoridades francesas têm pedido para que a população não plante as sementes e as destruíam.

    Começaram a chegar em Israel misteriosos pacotes não identificados de sementes da China, que têm chegado sem aviso prévio em caixas postais de todo o mundo.

    Além disso, o Ministério da Agricultura da França pediu para que a população coloque as sementes em um saco plástico e joguem fora junto com o lixo doméstico, pedindo também "para fins de pesquisa" que fotos das embalagens contendo as sementes sejam enviadas à Brigada Nacional de Pesquisa Veterinária e Fitossanitária do Ministério da Agricultura e Alimentação da França.

    O Serviço de Inspeção Sanitária Animal e Vegetal do Departamento de Agricultura dos EUA (APHIS, na sigla em inglês) também se pronunciou sobre o caso.

    "Identificamos 14 espécies diferentes de sementes, incluindo mostarda, repolho, campainha e algumas ervas como menta, sálvia, alecrim, lavanda, assim como outras sementes como hibisco e rosas", afirmou Osama El-Lissy, administrador adjunto do APHIS, relatando ainda não terminado a investigação.

    O APHIS considera que as embalagens podem fazer parte de um esquema no qual uma empresa envia embalagens aos consumidores e depois escreve críticas positivas falsas sobre o produto em nome da pessoa que o recebeu, notando também algumas das embalagens estavam mal rotuladas e indicavam que continham joias.

    Mais:

    Após frango com COVID-19, China diz que, por enquanto, não vai restringir importações do Brasil
    Japoneses relatam ter recebido sementes misteriosas da China
    'Bunker do apocalipse' guarda em segurança sementes do mundo inteiro (FOTO)
    Tags:
    Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, Departamento de Agricultura dos EUA, Japão, Israel, Reino Unido, Canadá, Le Parisien, China, EUA, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar