16:08 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    9582
    Nos siga no

    O presidente da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, emitiu uma ordem neste sábado (15) para transferir uma brigada de assalto aéreo de Vitebsk para Grodno devido à escalada da situação nas fronteiras ocidentais do país.

    Ao participar de uma reunião no centro de gestão estratégica do Ministério da Defesa, Lukashenko expressou preocupação com os exercícios das forças da OTAN na Polônia e na Lituânia.

    "Portanto, pedirei adicionalmente, devido à situação tensa nas fronteiras ocidentais, a transferência de uma brigada aerotransportada de Vitebsk para Grodno", disse o chefe de Estado.

    No último domingo (9) foram realizadas as eleições presidenciais da Bielorrússia. De acordo com a Comissão Eleitoral Central do país, Aleksandr Lukashenko garantiu seu sexto mandato com mais de 80% dos votos. A oposição do país, que se consolidou em torno da candidata presidencial Svetlana Tikhanovskaya, contestou os resultados das eleições, acusando as autoridades de falsificações maciças durante a votação.

    Desde o anúncio dos resultados oficiais, manifestações da oposição envolveram cidades bielorrussas, com as forças de segurança buscando reprimir os protestos usando gás lacrimogêneo, canhões de água, balas de borracha e granadas de choque. 

    Mais:

    Lukashenko lidera eleições na Bielorrússia com 81,35% dos votos
    Bielorrússia vai armar 7 milhões de cidadãos em caso de guerra, afirma Lukashenko
    Após falar com Putin, Lukashenko diz que Rússia ajudará na segurança da Bielorrússia, se necessário
    Bielorrússia: Lukashenko obteve 80,1% dos votos, Tikhanovskaya 10,12%, apontam resultados finais
    Rússia confirma Tsepkalo, ex-rival de Lukashenko, em lista internacional de procurados
    Tags:
    tropas, fronteira, OTAN, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar