20:50 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    150
    Nos siga no

    Mais de 20 jornalistas continuam detidos na Bielorrússia em meio a onda de protesos após as eleições presidenciais no país.

    A associação de jornalistas da Bielorrússia informou que, no total, 68 jornalistas foram detidos desde 9 de agosto durante a onda de protestos que tomou conta do país.

    "Informações sobre jornalistas em 13 de agosto: 23 jornalistas permanecem detidos; detenções de jornalistas desde 9 de agosto: 68", disse a associação em um canal do Telegram.

    A organização também realtou que foram registrados 29 casos de violência contra jornalistas.

    Os manifestantes estão nas ruas desde 9 de agosto, em protesto contra a reeleição do presidente da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, que obteve 80,23% dos votos, enquanto sua principal adversária, a candidata opositora Svetlana Tikhanovskaya, teve 9,9%.

    Mais:

    Líder da oposição bielorrussa saiu do país e se encontra na Lituânia
    Manifestantes entram em confronto com a polícia em Brest, na Bielorrússia (VÍDEO)
    Protestos na Bielorrússia: o que está por trás da bandeira da oposição?
    Tags:
    jornalistas, Aleksandr Lukashenko, manifestação, protesto, Bielorússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar