20:00 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de agosto (36)
    4144
    Nos siga no

    Aproximadamente 17 mil pessoas foram às ruas de Berlim neste sábado (1º) para protestar sobre as medidas contra a COVID-19 impostas pelo governo alemão, informou o jornal Berliner Zeitung, citando a polícia local.

    Segundo publicou o jornal alemão, o evento foi organizado pelo grupo Querdenken 711, da cidade de Stuttgart, para comemorar o que eles acreditam ser o fim da pandemia.

    Em Berlim, um manifestante carrega a bandeira da Prússia durante protesto contra as medidas do governo alemão contra a COVID-19, em 1º de agosto de 2020.
    © REUTERS / Christian Mang
    Em Berlim, um manifestante carrega a bandeira da Prússia durante protesto contra as medidas do governo alemão contra a COVID-19, em 1º de agosto de 2020.

    Ainda conforme a publicação, os organizadores classificaram a data como "o dia da liberdade". O ato, no entanto, originalmente esperava reunir apenas mil pessoas.

    Segundo a polícia de Berlim, os policiais estão pedindo aos participantes que sigam as precauções de saúde necessárias, mas seus pedidos são ignorados. A polícia enviou um helicóptero para avaliar melhor a situação.

    Em 1º de agosto de 2020, manifestantes participam de protesto em Berlim contra medidas de restrição social impostas pelo governo alemão.
    © REUTERS / Fabrizio Bensch
    Em 1º de agosto de 2020, manifestantes participam de protesto em Berlim contra medidas de restrição social impostas pelo governo alemão.

    Até o momento, a Alemanha confirmou um total de 208.698 casos, com um número de mortes de 9.141. No mundo inteiro, a COVID-19 já infectou cerca de 17,5 milhões de pessoas e mais de 678 mil pessoas morreram devido à doença, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de agosto (36)

    Mais:

    Mais de 300 pessoas são detidas na Alemanha durante protestos contra o isolamento social
    Alemanha quer manter laços de defesa com o Reino Unido mesmo após o Brexit
    Trump questiona razões que levam os EUA a protegerem a Alemanha da Rússia
    Alemanha defende expansão do Conselho de Segurança da ONU
    Tags:
    COVID-19, Alemanha, Berlim
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar