03:12 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    7257
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mais uma vez manifestou dúvidas sobre se os EUA devem proteger a Alemanha da Rússia, que segue vendendo grandes volumes de gás e petróleo para Berlim.

    Nesta quarta-feira (29), o secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, anunciou que o Washington planeja retirar 11,9 mil militares da Alemanha e enviá-los para outros locais. A medida reduziria o número de tropas norte-americanas estacionadas na Alemanha de cerca de 36 mil para 24 mil.

    Nas redes sociais, Trump comentou nesta quarta-feira (29) sobre o assunto questionando as razões de os EUA continuarem com tropas na Alemanha para proteger o país da Rússia, uma vez que os dois países europeus são parceiros comerciais em setores importantes como o de energia.

    A Alemanha paga bilhões de dólares à Rússia por energia, e devemos proteger a Alemanha da Rússia. Sobre o que é isso tudo? Além disso, a Alemanha é muito delinquente com sua taxa de 2% para a OTAN. Portanto, estamos retirando algumas tropas da Alemanha!

    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, visita soldados norte-americanos na base de Grafenwoehr, na Alemanha, 7 de novembro de 2019
    © AP Photo / Jens Meyer
    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, visita soldados norte-americanos na base de Grafenwoehr, na Alemanha, 7 de novembro de 2019

    A meta de orçamento de defesa sugerida para os membros da OTAN é de 2% do PIB do país, mas a maioria dos países europeus não consegue atingir essa meta. Desde o início de sua presidência, em 2016, Trump vem insistindo junto aos Estados membros da OTAN para que eles aumentem seus orçamentos de defesa até o nível estabelecido.

    Mais:

    EUA aumentam pressão sobre empreiteiras para barrar o Nord Stream 2, diz mídia
    Ministra da Defesa da Alemanha quer 'bússola estratégica' da UE contra a Rússia, diz revista
    Alemanha quer manter laços de defesa com o Reino Unido mesmo após o Brexit
    EUA anunciam retirada de 11.900 tropas da Alemanha e reforço de região próxima ao mar Morto
    Tags:
    Donald Trump, Rússia, Alemanha, OTAN, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar