04:02 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    130
    Nos siga no

    Um meteorito atingiu a área do arquipélago espanhol das Canárias, surpreendendo a comunidade científica local por ser fato inédito.

    A queda se deu ainda no último dia 14 de julho, contudo, o fenômeno só foi anunciado ontem (25).

    De acordo com o Diário de Avisos, publicado nas Canárias, trata-se da primeira vez que a trajetória de um meteorito é captada com alto nível de precisão por dois instrumentos localizados no arquipélago.

    Os instrumentos calcularam o local da queda do meteorito entre os municípios de Icod de los Vinos e Buenavista del Norte, ambos na ilha de Santa Cruz de Tenerife.

    O meteorito que caiu entre Icod e Buenavista é o primeiro captado nas Canárias

    Descrevendo o corpo celeste, o diretor do Museu da Ciência e do Cosmos (Espanha), Héctor Socas-Navarro, disse que é "uma pedra que pode ser do tamanho da palma de uma mão".

    Acredita-se que pequenos fragmentos, de poucos centímetros de comprimento, tenham caído em diversas localidades da área, mas que, devido ao pequeno tamanho, seria difícil localizá-los.

    O fato inédito foi também confirmado pelo geólogo, paleontólogo e doutor em zoologia de Tenerife, Francisco García-Tavalera:

    "Uma vez que dois terços da superfície terrestre são compostos por mares e oceanos, nas ilhas não se tem referência de qualquer queda de meteorito, porque uma coisa são os avistamentos e outra a queda, que implica que se veja cair."

    Mais:

    Meteorito ou ETs? Explosão de corpo celeste na Armênia deixa pessoas perplexas (VÍDEO)
    Internauta cria VÍDEO de 'experiência mais realista de estar em Marte' em qualidade 4K
    Crateras lunares foram criadas por tempestade de asteroides há 800 milhões de anos, segundo estudo
    Tags:
    Tenerife, Espanha, meteorito, Ilhas Canárias
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar