03:23 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3150
    Nos siga no

    Um grupo de 16 grandes bancos da Zona do Euro assinou um acordo para a criação de uma solução de pagamento unificado para consumidores e comerciantes de toda a Europa.

    A Iniciativa Europeia de Pagamentos (EPI, na sigla em inglês) seria um "passo crítico e decisivo" para que os cidadãos e empresas da União Europeia possam se beneficiar de "soluções de pagamentos rápidas, eficientes e confiáveis", considerou a Comissão Europeia.

    Atualmente, participam do acordo bancos da Bélgica, França, Alemanha, Espanha e Países Baixos, entre os quais estão o BBVA, BNP Paribas, Commerzbank, Deutsche Bank, Santander, ING, UniCredit e Société Général. Espera-se que o número de participantes aumente no futuro.

    "A Iniciativa Europeia de Pagamentos terá que fazer frente à fragmentação nos pagamentos de varejo e deverá abranger todos os países da Zona do Euro, e eventualmente toda a União Europeia. A implementação efetiva esperada e um número crescente de participantes têm o potencial de fortalecer o papel dos provedores europeus", afirmou Fabio Panetta, membro da Comissão Executiva do Banco Central Europeu.

    A expectativa é que a EPI, que será um concorrente direto das empresas norte-americanas Visa e Mastercard, entre em pleno funcionamento em 2022.

    Mais:

    Banco Central da Venezuela desmente renúncia a Visa, Mastercard e Maestro
    Resposta ao coronavírus aumenta medo por fim da zona do euro, alerta Banco Central Europeu
    Portugal acaba de se tornar 1º país da zona do euro a emitir títulos em moeda chinesa
    Tags:
    MasterCard, Visa, União Europeia, Banco Central Europeu, Europa, economia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar