21:38 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    4154
    Nos siga no

    A França suspendeu temporariamente sua participação nas operações de vigilância da OTAN no Mediterrâneo, confirmou nesta quarta-feira (1º) uma fonte do Ministério das Forças Armadas.

    O governo francês solicitou esclarecimentos da OTAN antes de retomar as operações no quadro da missão Sea Guardian, acrescentou a mesma fonte, revela o jornal Ouest-France.

    A suspensão foi comunicada pelo embaixador da Turquia em Paris, Ismail Hakki Musa, explicando que se deve às investigações da aliança sobre o incidente.

    A França acusou embarcações da Turquia de comportamento agressivo no mar Mediterrâneo quando houve uma tentativa de revistar um navio de carga com direção à Líbia. Contudo, a Turquia contestou que o navio francês navegava de maneira arriscada.

    Após o incidente, o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, anunciou que a aliança investigaria o incidente entre os dois países membros.

    Anteriormente, Emmanuel Macron, presidente da França, lamentou que a Turquia esteja realizando um "jogo perigoso" na Líbia. Além disso, o mandatário salientou que as ações de Ancara contrariam suas obrigações internacionais.

    Mais:

    Senador dos EUA sugere comprar sistemas S-400 russos da Turquia
    Milícia curda acusa Turquia de estabelecer bases militares no Iraque
    Submarinos e navios da OTAN iniciam manobras de guerra subaquática no Atlântico Norte (FOTOS)
    Tags:
    Líbia, incidente, OTAN, Marinha, França, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar