13:41 07 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    354
    Nos siga no

    Um grupo de quatro lanchas da Marinha Real britânica expulsou o navio de guerra espanhol Rayo P-42, após este entrar nas águas do território ultramarino britânico de Gibraltar.

    O Rayo, de quase 92 metros de comprimento, entrou nas águas de Gibraltar quando o HMS Chiddingfold e o HMS Penzance, da Marinha do Reino Unido, juntamente com três lanchas do esquadrão da Marinha Real de Gibraltar, estavam realizando um treinamento de rotina na área do ponto mais meridional de Gibraltar, segundo o Daily Mail.

    O navio de guerra espanhol não teria interferido no exercício da Marinha Real, realizado na quinta-feira (18).

    De acordo com o tabloide britânico The Sun, as quatro lanchas escoltaram o navio espanhol por mais de uma hora, até este deixar as águas territoriais de Gibraltar.

    A emissora de serviço público Gibraltar Broadcasting Corporation alertou os navios na área que haveria um "exercício de superfície com manobras de alta velocidade e disparos" antes do treinamento.

    Horas após este incidente, outro navio britânico, o HMS Sabre, teve de escoltar outro barco da polícia espanhola para fora das águas britânicas.

    "As incursões constituem uma violação da soberania, não uma ameaça à mesma. Não temos dúvidas quanto à nossa soberania sobre Gibraltar. A Marinha Real contesta a todas as incursões nas águas territoriais britânicas de Gibraltar, e também o fez nesta ocasião", disse o Ministério das Relações Exteriores e da Commonwealth em comunicado, citado pela mídia.

    Nos últimos cinco anos, foram registrados 3.000 casos de entrada de embarcações espanholas em águas territoriais britânicas de Gibraltar, uma média de cerca de 12 por semana, de acordo com dados divulgados sob a Lei de Liberdade de Informação.

    Mais:

    Marinha Real britânica lança novíssimo submarino nuclear com torpedos e mísseis (FOTO)
    Submarino da Marinha Real britânica estaria pronto para atacar Irã se guerra eclodir
    Marinha Real britânica planeja frota de navios-robô 'matadores' que agem sozinhos
    Tags:
    navios, Gibraltar, Espanha, Marinha Real britânica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar