05:22 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Situação do mundo com COVID-19 em meados de junho (50)
    0 64
    Nos siga no

    Um protesto antirracista nomeado de "Aliança Solidária", contra a violação dos direitos humanos e a desigualdade de gênero está ocorrendo em Berlim neste domingo (14) e ecoa os protestos que se espalharam pelo mundo após o assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos.

    Segundo um correspondente da Sputnik, a manifestação uniu vários grupos, incluindo os que defendem os direitos dos refugiados e questões ambientais. O protesto foi organizado pelo movimento alemão Unteilbar.

    Em Berlim, manifestantes antirracistas participam de protesto enquanto seguram correntes de distanciamento social, em 13 de junho de 2020.
    © REUTERS / Annegret Hilse
    Em Berlim, manifestantes antirracistas participam de protesto enquanto seguram "correntes" de distanciamento social, em 13 de junho de 2020.

    Os participantes do protesto devem observar os regulamentos locais de contenção da COVID-19, incluindo o distanciamento social. Para tal, os manifestantes utilizaram cordões coloridos garantindo a distância entre as pessoas. Manifestações semelhantes devem ocorrer em outras dez cidades alemãs ao longo deste domingo (14).

    Ainda em Berlim, cerca de 50 pessoas participam de uma manifestação organizada em apoio ao cidadão russo Denis Kaznacheev, detido na Alemanha em 29 de maio a pedido dos EUA e suspeito de fraude cibernética e lavagem de dinheiro. Os participantes são principalmente amigos e colegas de Kaznacheev. A manifestação prosseguiu pacificamente e policiais não interferiram.

    Em Berlim, manifestantes participam de protesto antirracista usando correntes para manter o distanciamento social devido à pandemia da COVID-19, em 13 de junho de 2020.
    © AP Photo / Markus Schreiber
    Em Berlim, manifestantes participam de protesto antirracista usando "correntes" para manter o distanciamento social devido à pandemia da COVID-19, em 13 de junho de 2020.

    As manifestações antirracistas se espalharam pelo mundo após o assassinato de George Floyd sob custódia policial. A morte por asfixia do homem negro nas mãos da polícia deflagrou manifestações pelos EUA que depois se espalharam para fora do país.

    Na Europa, diversos países como Reino Unido, Espanha, França, Bélgica e Portugal têm registrado manifestações semelhantes nas últimas semanas. Algumas delas têm derrubado estátuas de figuras históricas ligadas ao racismo. Assim como nos EUA, também houve confrontos e registros de vandalismo.

    Tema:
    Situação do mundo com COVID-19 em meados de junho (50)

    Mais:

    Putin sobre protestos nos EUA: estes são uma manifestação da crise interna
    Manifestantes derrubam estátua de traficante de escravos no Reino Unido e a jogam em rio (VÍDEO)
    Londres: protesto contra o racismo tem 113 pessoas detidas e 23 policiais feridos (FOTOS)
    Tags:
    Berlim, Alemanha, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar