13:19 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    4102
    Nos siga no

    O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou neste domingo (7) que os protestos contra o racismo e a brutalidade policial foram sequestrados por bandidos. A fala ocorre após policiais ficarem feridos. 

    "As pessoas têm o direito de protestar pacificamente e observando o distanciamento social, mas elas não têm o direito de atacar a polícia. Essas manifestações foram subvertidas pela bandidagem - e elas são uma traição da causa que dizem servir. Os responsáveis terão que responder", disse o premiê. 

    Protestos desencadeados pelo assassinato de George Floyd pela polícia na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, abriram caminho para uma onda de mobilização que atingiu diversos países. Neste final de semana, houve atos no Reino Unido e no resto da Europa. 

    Dez policiais ficaram feridos em Londres depois que a violência eclodiu em um protesto de milhares de pessoas no sábado (6). No domingo (7), manifestantes em Bristol derrubaram uma estátua do traficante de escravos do século XVII Edward Colston e a jogaram em um rio.

    Mais:

    Mistério prateado: broche do século IX enche arqueólogos de perguntas no Reino Unido (FOTO)
    Avião cai no mar em frente a turistas no Reino Unido (FOTOS, VÍDEO)
    VÍDEO mostra tubarão nadando em círculos depois de enfrentar maré baixa no Reino Unido
    Possível ninho de vespas asiáticas 'assassinas' agora é encontrado no Reino Unido
    Milhares vão às ruas do Reino Unido contra o racismo e a violência policial (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    Reino Unido, Boris Johnson, racismo, protesto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar