02:46 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    2130
    Nos siga no

    O aumento da atividade militar de alguns estados membros da OTAN na região do Ártico não contribui para manter a segurança na região, disse a Embaixada da Rússia na Noruega nesta quinta-feira (7).

    A afirmação veio em meio a comentários sobre os recentes exercícios militares antissubmarinos realizados em conjunto por Estados Unidos e Reino Unido no mar da Noruega.

    O exercício militar conjunto entre a 6ª frota dos EUA e o Reino foi realizado no dia 1º de maio deste ano. O exercício contou com quatro navios, um submarino dos EUA e uma aeronave de reconhecimento Boeing P8-A.

    "É bastante óbvio que o desenvolvimento de atividades militares semelhantes por vários países da OTAN no Ártico não contribui para a manutenção da segurança geral, estabilidade e previsibilidade na região", disse a missão diplomática russa em entrevista publicada pela Norwegian Broadcasting Corporation (NRK).

    A embaixada russa na Noruega observou que é importante restaurar a confiança mútua e os laços militares de pleno direito, bem como iniciar negociações, apesar da política de Washington de retirar-se do sistema de controle de armas.

    Mais:

    OTAN em uma fria: Noruega cancela exercícios no Ártico por ameaça de coronavírus
    Cientistas do Ártico russo aconselham como conviver em quarentena
    Marinha dos EUA realiza exercícios navais conjuntos com Reino Unido no Ártico (FOTOS)
    Tags:
    Ártico, Reino Unido, EUA, OTAN, Rússia, Mar da Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar