00:29 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)
    3200
    Nos siga no

    A pandemia da COVID-19 pode ser a base para considerar a suspensão das sanções europeias contra a Rússia, disse Matthias Platzeck, presidente do conselho do Fórum Alemão-Russo e ex-ministro-presidente de Brandenburgo.

    "Talvez essa pandemia de coronavírus possa ao menos ser uma ocasião para reavaliar e dizer: se as sanções não mudaram nada na direção que desejávamos ao longo de meia década, e temos o efeito oposto, então devemos ser capazes de avaliar esse desenvolvimento e dizer que, talvez, novas abordagens sejam necessárias", afirmou Platzeck nesta segunda-feira (4) durante uma videoconferência em Berlim.

    Segundo Platzeck, um enfoque das sanções contra a Rússia que envolvem a questão da Crimeia e o conflito no leste da Ucrânia está errado.

    "Posso imaginar que, se essa distinção for feita, haverá progresso nessa área. No final, todos dizemos isso, podemos ouvir de todos os lados - a pandemia de coronavírus se tornou o maior desafio para a comunidade mundial desde a Segunda Guerra Mundial. Pode ser necessário ter força e coragem para reconsiderar coisas de importância primordial, e eu incluo essas sanções entre elas. E diga: temos outros problemas agora, vamos dar um passo à frente", acrescentou.

    A União Europeia (UE) impôs sanções contra Moscou em 2014, após o início do conflito no leste da Ucrânia e o referendo sobre a reunificação da Crimeia com a Rússia. Enquanto os países ocidentais e Kiev não reconheceram o novo status da Crimeia e acusaram Moscou de se intrometer nos assuntos da Ucrânia, Moscou negou qualquer reivindicação de interferência e insistiu que o referendo foi realizado em conformidade com o direito internacional.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)

    Mais:

    Europa foi bastante afetada pelas sanções impostas contra a Rússia, diz enviado francês
    EUA impõem sanções contra cidadãos e entidades na Rússia e 3 outros países
    BRICS deveria suspender todas sanções econômicas exceto as da ONU, diz legislador russo
    Tags:
    referendo, Crimeia, Ucrânia, União Europeia, novo coronavírus, COVID-19, sanções econômicas, sanções, Estados Unidos, Europa, Brandemburgo, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar