15:35 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    172
    Nos siga no

    Letônia enviou aeronaves do Exército na busca de um drone que se perdeu durante um voo de teste. O incidente obrigou com que ao menos um avião comercial fosse redirecionado do principal aeroporto deste país báltico.

    O espaço aéreo sobre o Aeroporto Internacional de Riga foi fechado devido a um drone que se perdeu, disse à agência de notícias letã LETA a porta-voz do aeroporto, Laura Karnite, acrescentando que as medidas já causaram perturbações do tráfego aéreo, sendo que um voo proveniente da China foi obrigado a mudar sua rota e aterrissar em Tallinn, na Estônia.

    Uma empresa fabricante de veículos aéreos não tripulados (VANT) da Letônia perdeu a comunicação com um de seus aparelhos no sábado (2), enquanto realizava um teste de voo controlado a 200 metros do solo. Desde então a localização do drone é desconhecida, para localizar o VANT as autoridades enviaram aeronaves.

    Na operação de busca o Exército letão acionou um biplano An-2 e um helicóptero Mi-17. A Agência de Aviação Civil informou também que ambas as aeronaves estão participando da operação e instou os cidadãos a fornecerem informações sobre o VANT "fugitivo" se o avistarem, escreve RT.

    O aparelho é capaz de atingir uma velocidade de 70 km/h e no momento em que se perdeu tinha combustível suficiente para 90 horas de voo.

    Mais:

    Robô militar russo Marker será equipado com 'drones suicidas' de combate e reconhecimento
    Guarda Revolucionária do Irã pode receber drone furtivo com alcance de 2.000 km
    Drone dos EUA borda fronteira da Rússia em voo espião de 7 horas, diz mídia
    Tags:
    países bálticos, exército, veículo aéreo não tripulado, drone, Letônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar