15:52 09 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3624
    Nos siga no

    Neste sábado (25), dois caças Su-27 russos levantaram voo para interceptar e acompanhar um caça F-16 da Bélgica no mar Báltico, próximo da região russa de Kaliningrado.

    A aeronave da OTAN efetuava seu voo em direção à fronteira da Rússia no Báltico quando foi detectada por meios de controle do espaço aéreo russo, enquanto eram realizados voos da aviação naval da Frota do Báltico.

    "Os aviadores dos caças russos, após aproximação, identificaram o avião F-16, seu número de registro, pertença à Força Aérea belga e o acompanharam", informou o serviço de imprensa da Frota do Báltico russa.

    Após o F-16 mudar seu rumo, os caças russos voltaram aos seus exercícios programados.

    O órgão militar também afirmou que a tarefa foi executada pelos seus aviadores em total conformidade às regras internacionais sobre uso do espaço aéreo.

    Aproximações de aeronaves da OTAN

    A região do mar Báltico registra frequentes voos de meios da OTAN nas cercanias de Kaliningrado.

    Por vezes, aeronaves de reconhecimento, assim como caças, têm seus voos monitorados ou interceptados pelos militares russos na região.

    Mais:

    Governo alemão se divide sobre compra de caças norte-americanos F-18 com capacidade nuclear
    Míssil disparado acidentalmente de caça Su-25 deixa 5 mortos em base aérea no Chade (VÍDEO)
    Japão estaria planejando exportar caça de 6ª geração
    Tags:
    Su-27, F-16, Frota do Mar Báltico, Força Aérea da Rússia, Kaliningrado, Rússia, OTAN
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar