22:26 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)
    0 20
    Nos siga no

    Parte dos militares espanhóis que participam de missões no Afeganistão, Iraque e Mali serão enviados de volta à Espanha devido à pandemia da COVID-19, informou nesta terça-feira (14) o Estado-Maior do Ministério da Defesa espanhol.

    "Essas mudanças [as reduções no efetivo] foram realizadas em coordenação com nossos aliados e países anfitriões para que a realocação temporária não afete as obrigações de diversas organizações internacionais de segurança das quais a Espanha é membro", afirmou o comunicado do Estado-Maior.

    Segundo o comunicado, entre 150 e 200 militares de um total de 550 retornarão do Iraque; 30 de 70 militares se retirarão do Afeganistão; e 85 de 300 militares retornarão do Mali.

    O comunicado também acrescentou que, depois de retornar à Espanha, os militares serão testados para COVID-19 e colocados em quarentena por 14 dias.

    Em 20 de março, a coalizão internacional liderada pelos EUA anunciou a redução de seu pessoal em várias bases iraquianas devido à pandemia, entre outras razões. A coalizão acrescentou que os exercícios militares serão retomados assim que a situação epidemiológica melhorar.

    Tema:
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)

    Mais:

    Coalizão liderada pelos EUA se retira da base aérea de Al Taqaddum no Iraque
    Espanha tem novo recorde diário de mortos por coronavírus e número total passa de 10 mil
    'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália
    Tags:
    COVID-19, Mali, Iraque, Afeganistão, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar