14:57 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O incêndio na zona de exclusão de Chernobyl já foi extinto, comunicou o chefe do Serviço Estatal para Situações de Emergência da Ucrânia, Nikolai Chechotkin, em um informe para o presidente Vladimir Zelensky.

    "À pergunta do presidente sobre quando será detido o incêndio na zona de exclusão, Nikolai Chechotkin respondeu que já não há mais fogo", disse o serviço de imprensa do presidente ucraniano. 

    ​Apesar de o fogo na região já ser considerado controlado, o Serviço Estatal para Situações de Emergência da Ucrânia afirmou ainda necessitar de mais alguns dias para "apagar a combustão latente depois do incêndio na zona de exclusão da central nuclear de Chernobyl e seus arredores".

    Nos últimos dias, incêndios consumiram parte de uma floresta próxima a Chernobyl, preocupando autoridades locais e internacionais. As chamas chegaram a apenas dois quilômetros dos depósitos de Pidlisny, onde são armazenados os resíduos mais radioativos de toda a região. No entanto, especialistas ucranianos afirmaram que, por outro lado, essas combustões eram importantes porque liberavam radionuclídeos artificiais que permaneciam retidos na vegetação e na camada superficial do solo.

    Mais:

    'Mutante de Chernobyl'? Mosquito gigante gera pânico ao invadir casa na Argentina (FOTO)
    Descobertos fungos em Chernobyl que poderiam proteger humanos da radiação
    As chamas que trazem de volta terror de Chernobyl
    Incêndios na zona de Chernobyl se aproximam dos depósitos de resíduos radioativos (VÍDEOS)
    Tags:
    resíduos radioativos, radioatividade, chamas, fogo, Vladimir Zelensky, incêndio, Ucrânia, Chernobyl
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar