15:47 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)
    6100
    Nos siga no

    O novo hospital de campanha equipado com a ajuda de militares russos na cidade de Bergamo, no norte da Itália, começará em breve a receber pacientes com COVID-19, informou o Ministério da Defesa russo.

    "Está previsto que na segunda-feira [6] as equipes médicas russas e italianas iniciem o trabalho conjunto de recepção e tratamento de pacientes com infecção por coronavírus no hospital de campanha", disse o ministério russo nesta sexta-feira (3).

    Segundo o comunicado, mais de 200 especialistas russos e italianos irão trabalhar no hospital, com 142 leitos. As equipes médicas e de enfermagem da Rússia, juntamente com seus colegas italianos, estão se preparando para tratar os primeiros pacientes.

    "Anestesiologistas russos e italianos e especialistas em reanimação trocam experiência, familiarizam-se com os métodos de trabalho no hospital de campanha", acrescentou o comunicado.

    Em 21 de março, o presidente russo Vladimir Putin conversou por telefone com o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte para discutir a situação da COVID-19. Posteriormente, a Rússia enviou seus epidemiologistas para a Itália.

    Há algum tempo, a Itália vem sendo um dos países europeus que mais sofre com o coronavírus, registrando números recorde de mortes diariamente. A Lombardia continua sendo a região mais atingida do país.

    Comboio de equipamentos especiais com especialistas militares do Ministério da Defesa russo antes da partida da base aérea italiana de Pratica di Mare para a cidade de Bergamo para ajudar a combater a propagação da infecção pelo coronavírus (imagem referencial)
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Comboio de equipamentos especiais com especialistas militares do Ministério da Defesa russo antes da partida da base aérea italiana de Pratica di Mare para a cidade de Bergamo para ajudar a combater a propagação da infecção pelo coronavírus (imagem referencial)

    De acordo com os últimos dados da Universidade Johns Hopkins, o número de pessoas infectadas com coronavírus no mundo ultrapassou um milhão, com mais de 53 mil mortes.

    Tema:
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)

    Mais:

    Inspeção russa em hospital italiano de Bergamo em imagens
    Poder brando em 1º lugar: para que Rússia investe tanto em ajuda humanitária?
    Governador da Lombardia agradece à Rússia pela ajuda e chama discordantes de 'chacais'
    Tags:
    novo coronavírus, COVID-19, Ministério da Defesa da Rússia, Rússia, ajuda humanitária, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar