07:00 15 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus se espalha pelo mundo (101)
    2122
    Nos siga no

    Autoridade da Saúde do governo britânico afirma que país está aumentando a capacidade de tratamento intensivo no combate ao coronavírus.

    Durante uma coletiva de imprensa realizada na Downing Street, em Londres, o diretor do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS, em inglês), Stephen Powis, disse:

    "Se pudermos manter as mortes abaixo de 20 mil, então teremos feito muito bem nesta epidemia [...] Isso seria um bom resultado, embora cada morte seja uma tragédia, mas nós não devemos ser complacentes sobre isso."

    Ao mesmo tempo, ele afirmou que o NHS tem empregado grandes esforços para aumentar a capacidade de 4 mil leitos para o tratamento intensivo, publicou a Reuters.

    Usando teatros

    Ainda no esforço do combate à COVID-19, Powis ressaltou que o NHS está preparando teatros e outros sítios para oferecerem assistência médica aos doentes em condições críticas.

    Também a capacidade dos hospitais da capital britânica está a ser dobrada.

    "No momento, estou seguro de que há capacidade [...] Nós ainda não atingimos a capacidade [máxima]", acrescentou.

    Coronavírus no Reino Unido

    Enquanto isso, o país já registrou 17.320 pessoas infectadas, sendo que 1.019 vieram a falecer.

    Entre os doentes também está o príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, e o próprio primeiro-ministro, Boris Johnson.

    Tema:
    Coronavírus se espalha pelo mundo (101)

    Mais:

    UE pode 'perder sua razão de ser' se não gerenciar bem crise do coronavírus, diz premiê italiano
    Com mais de 2 mil mortes, Irã usará 20% do orçamento para combater o coronavírus
    Coronavírus: Itália ultrapassa os 10 mil mortos após ter novo recorde diário
    Tags:
    vírus, pandemia, mortos, Príncipe Charles, Boris Johnson, Reino Unido, COVID-19, doença, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar