11:32 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    5231
    Nos siga no

    Após enviar nove aviões de transporte militares, o Ministério da Defesa da Rússia enviou um décimo Il-76 com médicos militares russos e equipamentos para combater o coronavírus na Itália.

    O Ministério da Defesa russo decidiu aumentar o número de aviões que transportam ajuda para lutar contra o coronavírus na Itália. Um décimo avião Il-76 decolou nesta segunda-feira (23) do Aeroporto Chkalovsky, transportando a bordo equipamentos e médicos.

    A Defesa russa anunciou que continuará a transferir especialistas militares e equipamentos especiais à base militar italiana de Pratica di Mare, a 30 km ao sudoeste de Roma.

    "O décimo avião Il-76 da aviação de transporte militar da Força Aeroespacial russa decolou do aeródromo Chkalovsky [na região de Moscou] com destino à Itália com tropas e material russo a bordo", declarou o ministro da Defesa.

    Auxílio ao país europeu não prejudicará prontidão das Forças Armadas

    Segundo o chefe das Tropas de Proteção Nuclear, Biológica e Química do Exército russo, general Igor Kirillov, o envio de especialistas permitirá à Rússia obter uma grande experiência.

    A Rússia deslocou para Itália um de seus 15 laboratórios militares, 20 de seus 2.065 sistemas de desinfecção e 66 de seus 20 mil especialistas, anunciou a autoridade russa.

    "Os militares irão adquirir muita experiência na gestão de consequências [de epidemias] em uma outra comunidade, em outro local, no interesse do Estado como um todo", declarou Kirillov.

    Mais:

    O que a 'peste' de Atenas da Grécia Antiga pode nos ensinar sobre o coronavírus de hoje?
    Exército dos EUA entra em Nova York para conter coronavírus (FOTOS)
    Descoberto novo sintoma para identificar o coronavírus
    Tags:
    pandemia, novo coronavírus, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar