10:10 08 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus se espalha pelo mundo (498)
    2130
    Nos siga no

    A Rússia enviará virologistas, médicos e equipamentos para a Itália para ajudar a combater a pandemia do novo coronavírus, segundo informou o Ministério da Defesa da Rússia no sábado (21).

    A Itália tem hoje um número de casos confirmados da COVID-19 que ultrapassa os 53,5 mil e o maior número de mortes registradas pela doença, 4.825.

    O comunicado publicado pelo Ministério da Defesa da Rússia afirma que a assistência será enviada a partir deste domingo (22), conforme a ordem do presidente russo Vladimir Putin.

    "Conforme a disposição do lado italiano, as aeronaves militares da Força Aeroespacial da Rússia entregarão à república [da Itália] oito equipes móveis de especialistas em virologia e médicos russos, sistemas de desinfecção de aerossóis automotivos para transporte e território, além de equipamentos médicos", disse o comunicado do Ministério.

    O ministro da Defesa italiano, Lorenzo Guerini, mais tarde agradeceu à Rússia por prestar assistência imediata e confirmou que a Itália está pronta para aceitar a ajuda a partir deste domingo.

    O presidente russo, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, também discutiram a pandemia da COVID-19 durante conversas telefônicas ainda no sábado, quando Putin confirmou a disponibilidade da Rússia em fornecer ajuda.

    Após originar-se na China em dezembro de 2019, o epicentro do surto do novo coronavírus mudou-se para a Europa, e até o momento se espalhou principalmente na Itália. O país está em quarentena desde 9 de março e todas as atividades em massa, incluindo eventos esportivos, foram canceladas.

    Em todo o mundo, o número de casos confirmados de COVID-19 atingiu 307.277 pessoas e mais de 13 mil morreram, segundo o monitor da doença disponibilizado pela universidade Johns Hopkins. Em 11 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia devido ao novo surto do coronavírus.

    Tema:
    Coronavírus se espalha pelo mundo (498)

    Mais:

    Itália registra quase 800 mortes pela COVID-19 nas últimas 24 horas
    França confirma 562 mortos pelo novo coronavírus
    Faixa de Gaza registra 2 primeiros casos da COVID-19
    Governo italiano suspende atividades produtivas não essenciais
    Tags:
    Giuseppe Conte, novo coronavírus, COVID-19, Vladimir Putin, Itália, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar