20:32 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    340
    Nos siga no

    Os satélites de observação da Terra da agência espacial da União Europeia detectaram uma redução significativa no poluente dióxido de nitrogênio no norte da Itália.

    A região italiana passa por restrições de movimento para combater o coronavírus, informa a agência de notícias Associated Press.

    O Serviço de Monitoramento de Atmosfera Copernicus da agência informou nesta terça-feira (17) que, com as "mudanças bruscas nos níveis de atividade" no norte da Itália, há uma "tendência de redução" de dióxido de nitrogênio, ou NO2, nas últimas quatro a cinco semanas.

    Até agora, a Itália foi o país mais atingido na Europa pelo novo coronavírus, e o governo implementou um amplo bloqueio, incentivando seus 62 milhões de pessoas a ficar em casa, a menos que seja absolutamente necessário sair.

    Quedas semelhantes de poluentes foram detectadas na China depois que o governo implementou paralisações generalizadas para tentar retardar a disseminação da COVID-19.

    O NO2 é um poluente de curta duração, permanecendo na atmosfera geralmente menos de um dia antes de ser depositado ou reagir com outros gases, o que significa que permanece bastante próximo de onde foi emitido, informou a agência.

    Mais:

    Medo de coronavírus leva à briga em avião após passageiro 'tossir em outros de propósito' (VÍDEO)
    Xeque-mate à economia: que erro cometeu Wall Street frente ao coronavírus?
    Irã solta 85 mil prisioneiros em meio ao coronavírus, diz mídia
    Volkswagen fecha fábricas na Europa após coronavírus derrubar vendas
    Tags:
    Europa, poluição
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar