06:50 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    130
    Nos siga no

    O Reino Unido deixou de ser membro da União Europeia no dia 31 de janeiro. Nos próximos 11 meses Londres e Bruxelas tentarão chegar a um acordo sobre o futuro de suas relações.

    O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves le Drian, alertou que disputas econômicas não resolvidas entre Paris e Londres pós-Brexit podem levar a uma deterioração geral nas relações comerciais, e duvida que um acordo entre as nações possa ser assinado em 2020.

    "Penso que nas questões comerciais e no mecanismo de relações futuras, ao qual vamos dar início, vamos nós fazer em pedaços. Mas isso faz parte das negociações, todos defenderão seus próprios interesses", disse Le Drian, à margem da Conferência de Segurança de Munique, citado por The Sun.

    Londres, de fato, está em vias de enfrentar os regulamentos de acesso ao mercado da UE após o anúncio oficial do Brexit. Os varejistas europeus ameaçam os consumidores britânicos com um déficit de certos produtos se um acordo comercial não for alcançado até o final do ano. Quase 80% de todos os alimentos importados para o Reino Unido vêm da UE, observou o The Sun, citando os temores da associação comercial britânica BRC.

    Segundo a Câmara de Agricultura da França, o Reino Unido é o terceiro maior mercado de produtos agrícolas franceses, depois da Bélgica e da Alemanha.

    A situação se torna complicada, já que França e o Reino Unido têm uma disputa não resolvida de longa duração sobre o acesso às águas de pesca nas áreas marítimas britânicas. Relatos de agressões entre pescadores britânicos e franceses no Canal da Mancha são comuns.

    O lado francês, com uma temporada de pesca limitada a cerca de oito meses, acusa regularmente os britânicos - que têm permissão para realizar atividades de pesca durante todo o ano - de pesca excessiva. Uma das principais questões seria a colheita de vieiras. Na França, as vieiras só podem ser colhidas entre 1 de outubro e 15 de maio. Os pescadores do Reino Unido não estão sujeitos a nenhum regulamento sazonal.

    Segundo o The Sun, o Reino Unido manterá regras rígidas de pesca em suas águas - uma promessa que teria irritado os pescadores franceses de Bretanha, região natal do ministro das Relações Exteriores da França.

    Tags:
    Brexit, França, Grã-Bretanha, comércio internacional
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar