14:46 22 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    140
    Nos siga no

    Infraestrutura afetada, fios elétricos cortados, transporte interrompido: o norte da França sofreu os efeitos da tempestade Ciara, que acionou os serviços de emergência também em outros países europeus.

    No total, 42 departamentos franceses passaram para o estado de vigilância laranja "ventos violentos" a pedido da agência meteorológica Météo-France. As rajadas superaram os 130 km/h nas costas do país, revela o cala RTBF. Além da França, Reino Unido, Alemanha e Bélgica também foram fortemente afetados.

    No canal da macha, que conecta o Reino Unido à Europa continental, o tráfico de embarcações foi suspenso "até segunda ordem", segundo o porta-voz do porto de Boulogne-Calais.

    "É impressionante, a maré alta juntamente com a força do vento faz com que ondas superem barragens de dois metros", declarou à AFP Pierre, vindo, como muitos curiosos, observar a tempestade até ser molhado por uma onda.

    Diversos voos na região foram cancelados ou atrasados, afetando milhares de passageiros. Em Lille, cidade próxima a fronteira da França com a Bélgica, o porta-voz do aeroporto local comenta que "as correntes de vento são demasiado fortes para permitir aterrissagens ou decolagens com segurança".

    Até mesmo na região de Paris, a circulação de automóveis e trens foi prejudicada graças à passagem da tempestade Ciara, chamada de Sabine na Alemanha.

    Temos notícias deste homem? Talvez ele volte com a tempestade atual.

    Mais:

    Raio 'estoura' em casa de australiana que decide filmar tempestade (VÍDEO)
    Governo libera R$ 90 milhões para regiões atingidas por chuvas
    Número de mortos por chuvas em Minas Gerais sobe para 57
    Tags:
    França, Europa, tempestade
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar