18:01 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    231052
    Nos siga no

    Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, oferece cooperação de seu país com a Bielorrússia no campo energético, enquanto Minsk busca novas alternativas para sua demanda de petróleo.

    "Os EUA querem ajudar a Bielorrússia a criar seu próprio Estado soberano. Nossos produtores de recursos energéticos estão prontos para vos [aos bielorrussos] fornecer o petróleo necessário em 100%, a preços competitivos", disse Mike Pompeo a jornalistas em Minsk, capital da Bielorrússia.

    Em visita ao país, Pompeo também relembrou que seu país é o maior produtor de recursos energéticos no mundo.

    "Tudo o que vocês precisam é só pedir", acrescentou a autoridade americana.

    Questão energética

    No momento a Bielorrússia importa petróleo somente da Rússia, contudo, as negociações dos novos contratos têm enfrentado dificuldades.

    A razão disso seria a recusa das refinarias bielorrussas em comprarem o petróleo russo pelo preço do mercado.

    Por conta disso, o presidente bielorrusso, Aleksandr Lukashenko, já afirmou que seu país busca novas alternativas para suas necessidades energéticas.

    Melhora nas relações

    Por sua vez, para o chanceler bielorrusso, Vladimir Makei, a visita de Pompeo é "uma evidência da intensificação da cooperação bielorrusso-americana".

    Makei expressou esperanças na melhora das relações diplomáticas entre ambos os países, que poderia ser feita com o regresso dos embaixadores de ambos os países para Washington e Minsk.

    Mais:

    Melhores imagens do que sobrou da Bielorrússia 'nuclear'
    Brasileira desenvolve método para produzir etanol a partir de água de petróleo
    Poderia o barril de petróleo Brent atingir 180 dólares?
    Tags:
    relações, petróleo, EUA, Minsk, Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, Mike Pompeo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar