22:17 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    144
    Nos siga no

    Subida do mar coloca em risco o vilarejo de Fairbourne, Reino Unido, enquanto bancos recusam hipoteca para moradores e governo diz que não investirá nas barreiras que defendem o local de inundações.

    Na costa de Gales, no Reino Unido, o vilarejo de Fairbourne está vivendo um verdadeiro impasse sobre o seu futuro.

    A localidade, com saída para o oceano Atlântico e abaixo do nível do mar, corre o risco de ficar coberta pela água, ao passo que a população tem grandes chances de se tornar os primeiros refugiados climáticos do Reino Unido.

    Conforme publicou o tabloide Daily Star, o governo local não pretende manter as barragens de proteção a partir de 2054, alegando não ter mais dinheiro.

    A decisão governamental tem afetado o mercado imobiliário, com as instituições financeiras negando hipoteca aos poucos que querem comprar moradias na área.

    Fairbourne, no País de Gales, pode ser abandonada uma vez que, com a subida do nível do mar, poderia desaparecer em apenas 25 anos

    De acordo com Stuart Eves, prefeito de Arthog, as "propriedades ainda estão sendo vendidas, mas somente em dinheiro vivo. Poucas pessoas querem se mudar [para Fairbourne], mas mesmo que queiram, elas não o poderiam fazer sem levar uma grande pancada [de água] em suas propriedades".

    Defesas ineficientes

    Enquanto isso, foram feitas obras recentes de £ 6,8 milhões (cerca de R$ 37 milhões) no sistema de drenagem, bancos de terra e na barreira de proteção.

    Contudo, uma barreira ainda maior custaria em torno de £ 120 milhões (cerca de R$ 655 milhões), embora não garantisse segurança em caso de uma inundação catastrófica.

    A situação crítica tem provocado o debate sobre o futuro dos moradores, enquanto o prefeito diz que "até trailers ou chalés de madeira serão melhores do que nada para as pessoas obrigadas a escapar".

    Mais:

    'Enfrentar as mudanças climáticas é um compromisso ético', diz vice-ministro cubano
    'Mudanças climáticas existem?', coloca em cheque diretora do Ministério da Agricultura
    Cientistas divulgam VÍDEO de geleira na Sibéria se afundando no mar
    Tags:
    Reino Unido, vilarejo, aumento do nível do mar, mudanças climáticas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar