17:34 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    354
    Nos siga no

    Ativistas alemães anunciaram que irão processar o governo da chanceler Angela Merkel por sua política ambiental e por sua suposta violação do direito constitucional à "dignidade humana".

    A Câmara baixa do Parlamento da Alemanha aprovou no ano passado um grande pacote de proteção climática para ajudar o país a cumprir sua meta de 2030 de redução das emissões de gases do efeito estufa. Grupos de ambientalistas, contudo, consideram as medidas insuficientes, informa a agência de notícias Reuters.

    "Isso não é mais apenas sobre as gerações futuras. Para nós, é sobre nossa geração, nossas vidas e o fato da inação do governo aterrorizar nossa liberdade", disse Luisa Neubauer, que integra o grupo climático "Sextas-feiras pelo futuro", e que é uma das reclamantes. 

    O processo é um dos três movidos na semana passada contra o governo e o Parlamento, invocando o direito básico dos alemães, segundo o primeiro artigo da Constituição local, de viver com dignidade.

    "A partir de hoje, a questão é se a não ação do governo é compatível com a Constituição. Estamos convencidos de que não e é por isso que estamos processando", afirmou Neubauer.

    Os grupos Amigos da Terra, Greenpeace, Ação Ambiental da Alemanha e Germanwatch disseram apoiar os processos.

    Mais:

    Alemanha suspende patrulhamento de contingente militar no Iraque
    Alemanha contraria EUA e decide retirar parte de suas tropas do Iraque, segundo mídia
    Militares dos EUA são encontrados mortos em dormitório de base na Alemanha
    França, Alemanha e Reino Unido defendem acordo nuclear iraniano
    Tags:
    Angela Merkel, clima, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar