05:57 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    8168
    Nos siga no

    O chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell, convocou nesta segunda-feira (6) uma reunião extraordinária dos ministros das Relações Exteriores para discutir os recentes eventos no Iraque e no Irã.

    "A União Europeia desempenhará todo o seu papel na busca de uma diminuição das tensões na região", disse Borell. O líder da diplomacia do bloco europeu também afirmou "lamentar" a decisão do Irã de abandonar os limites do acordo nuclear e defendeu a implementação do pacto firmado por Teerã com outras potências para a "estabilidade regional e segurança global".

    O encontro dos chanceleres europeus foi agendado para sexta-feira. Ele acontecerá após o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, pedir ao oficial encarregado das políticas externas e de segurança da União Europeia que convocasse uma reunião para elaborar uma linha de conduta comum.

    O Parlamento iraquiano decidiu que todas as tropas estrangeiras devem abandonar o país após um ataque de drone dos Estados Unidos matar o general iraniano Qassem Soleimani em Bagdá.

    O presidente estadunidense, Donald Trump, afirmou que suas tropas deixarão o Iraque apenas se Bagdá pagar por uma base aérea dos EUA instalada no país.

    Mais:

    Irã nunca terá uma arma nuclear, afirma Trump
    Ministro alemão ainda pensa em salvar acordo nuclear com Irã e critica ameaças de Trump
    Bolsonaro diz que não irá interferir nos reajustes de combustível
    Membros da OTAN concordam que Irã nunca deva adquirir armas nucleares
    Tags:
    Estados Unidos, Irã, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar