04:47 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    O líder socialista Pedro Sánchez perdeu o primeiro turno da votação para o cargo de premiê espanhol neste sábado (5).

    Com 166 votos a favor, 165 contra e 18 abstenções, Sánchez não consegue obter o cargo de premiê na primeira votação. Segundo a lei, no primeiro turno é necessário obter a votação favorável de uma maioria absoluta de 176 votos.

    Para a vitória no segundo turno, que terá lugar 48 horas depois do primeiro, será necessária uma maioria simples de votos a favor. Então, se a situação não mudar durante os dois dias seguintes, Sánchez será designado premiê da Espanha na terça-feira.

    Além dos representantes do Partido Socialista Operário Espanhol, Pedro Sánchez foi apoiado pelo Unidas Podemos, com quem os socialistas planejam formar um governo de coalizão, e pelos representantes de partidos mais pequenos como o Partido Nacionalista Basco, o EH Blidu, o Más País e o Teruel Existe.

    Contra a candidatura de Sánchez votaram os representantes do Partido Popular, do partido de extrema-direita VOX e do Cidadãos.

    O parlamento da Espanha está muito fragmentado nos últimos tempos e consiste de mais de 20 grupos políticos. No último ano no país foram realizadas duas eleições legislativas antecipadas e o governo funciona como interino desde abril de 2019.

    Mais:

    Acidente de avião leve deixa 2 mortos na Espanha
    População de Barcelona protesta contra visita do rei da Espanha
    Ex-chefe de inteligência da Venezuela desaparece na Espanha após decisão de extradição para EUA
    Tags:
    Pedro Sanchez, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar