14:50 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    2512
    Nos siga no

    Os jornalistas da Sputnik Estônia são forçados a terminar as relações de trabalho com a redação desde o 1º dia do ano de 2020 devido a ameaças de demanda criminal.

    De acordo com a declaração oficial da assessoria de imprensa da agência de notícias Rossiya Segodnya, os jornalistas da redação da Sputnik Estônia foram forçados a cessar seu trabalho.

    "Devido à ameaça de perseguição criminal por parte das autoridades da Estônia segundo um artigo que prevê até 5 anos de prisão, os funcionários da Sputnik Estônia foram forçados a tomar a decisão de terminar as relações de trabalho com a redação desde 1º de janeiro de 2020. A Sputnik Estônia e a agência de notícias Rossiya Segodnya apoiam os seus funcionários nessa decisão", diz o comunicado.

    A assessoria de imprensa da agência sublinha que a experiência mostra que, apesar do aparente absurdo das ameaças das autoridades da Estônia, a perseguição criminal de jornalistas na Europa é uma realidade hoje em dia.

    "Nós não consideramos possível pôr em risco a liberdade das pessoas. Nós consideramos as ações do regime estoniano em relação a cidadãos do seu país como bullying evidente, arbitrariedade legal, demonstração de totalitarismo e uma grosseira violação dos princípios da liberdade de expressão que não tem precedentes na União Europeia. A única 'culpa' dos jornalistas é trabalharem em uma mídia russa", diz a declaração.

    O funcionamento da redação está suspenso, mas no futuro o site Sputnik Estônia continuará seu trabalho. Levará tempo para reestabelecer o funcionamento totalmente.

    "Apelamos a todas as organizações internacionais e europeias para que expressem sua posição sobre as ações das autoridades da Estônia [...] Agradecemos a comunidade jornalística, figuras públicas, políticos e organizações internacionais pelo apoio aos colegas", adiciona o serviço de imprensa.

    Mais:

    Por trás das ações da Estônia no caso Sputnik estão patrocinadores britânicos, afirma fonte
    MRE da Estônia diz que país não sucumbirá à 'pressão' externa no caso da perseguição à Sputnik
    Ações tomadas contra Sputnik pelas autoridades da Estônia são perseguição, diz chancelaria russa
    Tags:
    jornalista, Estônia, Sputnik
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar