22:18 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da União Europeia (UE)

    Europa promete retaliar tarifas dos EUA e mira Boeing

    © AFP 2019 / Thierry Charlier
    Europa
    URL curta
    11190
    Nos siga no

    O ministro da Economia e das Finanças da França, Bruno Le Maire, condenou a adoção de novas tarifas nos EUA sobre produtos agrícolas e industriais da União Europeia.

    O ministro observou que, se os Estados Unidos não querem negociar, os países europeus estão dispostos "a responder com pesadas sanções no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC)".

    "Atacar os nossos produtores de vinho é um ato agressivo. Os Estados Unidos deveríam seguir a lógica das negociações. Seria uma maneira sábia", twittou Le Maire.

    Por outro lado, a Comissária Europeia do Comércio, Cecilia Malmstrom, alertou que a União Européia será forçada a impor tarifas no "caso Boeing" em resposta às novas medidas dos EUA.

    "Lamentamos a decisão dos EUA de avançar na área de tarifas. Essa etapa não nos deixa outra alternativa a não ser aplicar nossas próprias tarifas com os devidos procedimentos no caso da Boeing", afirmou Malmstrom em comunicado.

    A Comissária enfatizou que "a imposição mútua de tarifas não serve aos interesses de ninguém a longo prazo".

    "Isso provocará danos significativos na cadeia de suprimentos altamente integrada dos setores aeronáuticos nos EUA e na UE, além de resultar em danos colaterais a muitas outras áreas", alertou.

    Nesse contexto, Malmstrom disse que a Comissão Europeia pretende monitorar o impacto das medidas norte-americanas "nos produtos europeus, especialmente no setor agrícola".

    Em 3 de outubro, a Organização Mundial do Comércio decidiu que os EUA podem impor tarifas no valor de 7,5 bilhões de dólares aos produtos europeus, para compensar os subsídios concedidos pela UE à empresa Airbus.

    As tarifas norte-americanas, adotadas em 18 de outubro, são de 10% para aviões e de 25% para produtos agrícolas e industriais da UE.

    Tags:
    UE, França, guerra comercial, OMC, tarifas, EUA, Boeing, Airbus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar