17:43 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Motor do observatório Boknis Eck

    Observatório submarino some misteriosamente do litoral da Alemanha

    © Foto / Forschungstauchzentrum CAU
    Europa
    URL curta
    360
    Nos siga no

    O Boknis Eck, um observatório alemão criado para extrair dados do mar Báltico, sumiu misteriosamente da área onde ele estava instalado.

    A estrutura foi instalada em 2016 em uma área reservada para pesquisas no mar Báltico. O Boknis Eck era operado pelo Centro de Pesquisas Oceânicas GEOMAR Helmholtz localizado em Kiel, Alemanha.

    Com um peso total de 770 kg, o aparelho emitiu seu último sinal em 21 de agosto às 20h15 no horário local (15h15 no horário de Brasília). A princípio os pesquisadores pensaram que a interrupção na transmissão era "uma falha técnica", segundo disse Hermann Bange, chefe das pesquisas oceanográficas da GEOMAR no site da organização.

    Até o momento somente o cabo que ligava o observatório aos cientistas foi achado. O cabo estava rompido enquanto permanecia a uma profundidade de 22 metros a 1,9 km do litoral. Segundo Bange, o aparelho estava preso o suficiente para ser arrastado por um fenômeno natural.

    Cabo, que conectava o observatório Boknis Eck com o litoral, foi achado rompido a 1,9 km
    © Foto / Forschungstauchzentrum CAU
    Cabo, que conectava o observatório Boknis Eck com o litoral, foi achado rompido a 1,9 km

    O observatório incluía diversos aparelhos eletrônicos e seu valor estava estimado em US$ 330 mil (cerca de R$ 1,2 milhão). Apesar do custo, Bange disse que os dados obtidos pelo Boknis Eck têm valor incalculável.

    A estrutura se localizava em uma área onde embarcações não tinham acesso autorizado. O Boknis Eck era responsável por registrar mudanças de temperatura da água, assim como o nível de sal, oxigênio, nutrientes, clorofila e metano no mar Báltico.

    Mais:

    Aeronaves da Força Aérea britânica escoltam 2 caças russos Su-30 sobre mar Báltico
    Descoberta de bomba não detonada da Segunda Guerra Mundial evacua 15 mil pessoas na Alemanha
    Observatório do Clima lamenta decisão do Brasil de retirar candidatura para sediar COP 25
    Tags:
    Mar Báltico, Alemanha, observatório
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar