00:41 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O petroleiro iraniano Grace 1

    EUA avisam a Grécia: ajuda a navio iraniano será vista como apoio ao terrorismo

    © REUTERS / Jon Nazca
    Europa
    URL curta
    23340
    Nos siga no

    Autoridades americanas alertam a Grécia de que qualquer ajuda prestada ao petroleiro iraniano Adrian Darya será vista como apoio a uma organização terrorista.

    No último dia 18, o petroleiro iraniano Adrian Darya partiu de Gibraltar. De acordo com as autoridades americanas, o navio estaria transportando petróleo para a Síria. Atualmente o Adrian Darya navega em direção ao porto de Kalamata, na Grécia.

    O petroleiro, antes chamado de Grace 1, foi renomeado para Adrian Darya. Após a saída da embarcação de Gibraltar, um funcionário do Departamento de Estado dos EUA declarou à Grécia que qualquer tentativa de prestar assistência ao navio iraniano será considerada apoio a uma organização terrorista, publicou a Reuters.

    Além disso, segundo Washington, a organização terrorista em questão seria a Guarda Revolucionária Islâmica (GRI), uma divisão das Forças Armadas do Irã. Washington afirma que o Adrian Darya estaria dando suporte à GRI na Síria.

    Tensões

    Em 2018, os EUA impuseram novas sanções contra o comércio do petróleo iraniano após Washington ter abandonado unilateralmente o Plano de Ação Conjunta, um acordo internacional mais conhecido como acordo nuclear iraniano.

    Em abril de 2019, os EUA declararam a Guarda Revolucionária do Irã como organização terrorista, além de culpá-la pelos recentes incidentes com navios-tanque no golfo Pérsico.

    Atualmente Washington tenta formar uma coalizão militar para patrulhar o estreito de Ormuz. Alguns países aliados recusaram-se a participar. O Irã considera tal coalizão uma ameaça à sua segurança.

    Mais:

    Irã aconselha Coreia do Norte a não confiar nos EUA
    Ações dos EUA na Síria violam a soberania do país, diz Irã
    Teerã adverte Washington que detenção de seu petroleiro terá graves consequências
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar