20:33 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Petroleiro iraniano Grace 1

    Petroleiro iraniano finalmente deixa Gibraltar (VÍDEO)

    © AP Photo / Marcos Moreno
    Europa
    URL curta
    8221
    Nos siga no

    Autoridades de Gibraltar rejeitaram um pedido dos EUA para estender a apreensão do petroleiro iraniano Grace 1. Gibraltar teria libertado o navio depois de receber garantias de Teerã de que o navio não entregaria sua carga na Síria.

    A emissora de notícias GBC News disse que o petroleiro está deixando as águas territoriais de Gibraltar.

    E ele se foi! Depois de 46 dias nas águas de Gibraltar, tendo sido o provocador de um incidente internacional com Irã, o Adrian Darya, formalmente o Grace 1, está partindo...

    ​Um local de monitoramento de tráfego marítimo também mostrou que o navio-tanque iraniano estaria se afastando de Gibraltar.

    ​O navio está agora sinalizando que está em percurso. Está a menos de uma milha náutica para atravessar a borda marítima da EU/Gibraltar

    As autoridades de Gibraltar, apoiadas por fuzileiros navais do Reino Unido, detiveram o petroleiro na costa da península no dia 4 de julho. A embarcação era suspeita de transportar petróleo para a Síria, violando as sanções da UE.

    O ministro do Exterior da Espanha, Josep Borrell, afirmou, no entanto, que a embarcação foi detida a pedido dos Estados Unidos, que há muito buscam impedir as exportações de petróleo do Irã. O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Abbas Araghchi, negou a informação de que o petroleiro detido pretendia transportar petróleo para a Síria.

    No sábado, o Departamento de Justiça dos EUA emitiu um mandado para apreender a Grace 1. De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, o tribunal decidiu que o petroleiro, sua carga e US$ 995 mil em dinheiro estão sujeitos a confisco pela violação de um número de Leis dos EUA sobre fraude bancária, lavagem de dinheiro e da lei sobre o confisco de atividades relacionadas ao terrorismo.

    Os Estados Unidos teriam tentado tomar o Grace 1 horas antes de Gibraltar estar preparada para libertá-la. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, criticou a medida como uma tentativa de pirataria.

    Mais:

    Reino Unido exige que Irã respeite liberdade de navegação
    Washington teria organizado encontros secretos sobre Irã entre Israel e EAU
    Comandante iraniano revela o que trava inimigos de invadir Irã
    Tags:
    sanções, EUA, Síria, petróleo, Irã, vídeo, Gibraltar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar