17:57 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O chanceler russo, Sergei Lavrov, e a chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, falando com a imprensa após encontro em Bruxelas, na sede da União Europeia (arquivo)

    Rússia critica UE por posição desequilibrada em relação ao Tratado INF

    © AFP 2019 / JOHN THYS
    Europa
    URL curta
    12251
    Nos siga no

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia criticou hoje a União Europeia e sua chefe de diplomacia por se aliar a Washington para culpar Moscou pelo desmantelamento do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, o Tratado INF.

    No último domingo, Federica Mogherini, alta representante da UE para Política Externa e Segurança, pediu à Rússia que tome medidas imediatas para garantir o cumprimento total e verificável desse acordo de 1987, que impõe limites às armas nucleares armazenadas pelos dois maiores rivais do período da Guerra Fria. 

    "Lamentamos a abordagem desequilibrada da UE em relação à causa da crise do INF. Em particular, ela não mencionou preocupações que a Rússia expressou durante anos sobre o cumprimento dos EUA. Os EUA fizeram com que o acordo se desfizesse, mas a Rússia é instada a mantê-lo no lugar", disse a chancelaria russa. "Essa declaração foi claramente um show e um golpe de propaganda. A UE continua seguindo a linha dos EUA, rejeitando as propostas realistas da Rússia sobre como lidar com acusações mútuas [de violações do INF], buscando a transparência mútua", acrescentou. 

    ​O presidente russo, Vladimir Putin, assinou uma lei no último 3 de julho suspendendo formalmente os compromissos assumidos pela Rússia no acordo, após os Estados Unidos terem interrompido, em fevereiro, sua participação no pacto nuclear.

    Mais:

    Primeiro-ministro russo lamenta saída dos EUA do Tratado INF
    Nova corrida armamentista à vista? Como ruptura do Tratado INF poderia afetar paz global
    Pentágono vai testar míssil de cruzeiro lançado do solo proibido pelo Tratado INF
    Fim do Tratado INF permite que Rússia desenvolva novas armas, afirma senadora
    Tags:
    Vladimir Putin, Guerra Fria, Tratado INF, Federica Mogherini, INF, UE, União Europeia, EUA, Estados Unidos, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar