09:21 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Vista da usina nuclear de Chernobyl a partir do 4ª reator, na cidade ucraniana de Pripyat, em 26 de abril de 1986

    Ucrânia criará 'corredor verde' para turistas em Chernobyl

    © Sputnik / Igor Kostin
    Europa
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    A Ucrânia anunciou a implementação de um "corredor verde" para turistas na zona de exclusão de Chernobyl, onde ocorreu o maior acidente nuclear da história.

    Junto com a proposta turística, o governo suspenderá a proibição de fotografar e gravar vídeos no local, segundo anunciou o presidente do país, Vladimir Zelensky, nesta quarta-feira (10).

    "Hoje assinei um decreto que será o início da transformação da zona de exclusão em um dos pontos de crescimento da nova Ucrânia", disse o presidente durante sua visita de trabalho à região de Kiev, onde fica Chernobyl.

    Segundo o presidente, as autoridades criarão um corredor verde para os turistas, uma passagem segura e autorizada.

    O desastre de Chernobyl, o pior acidente nuclear da história, ocorreu na Usina Nuclear de Chernobyl, perto da cidade ucraniana de Pripyat, na Ucrânia soviética, em abril de 1986. Á época, uma grande quantidade de material radioativo foi liberada na atmosfera após acidente durante um teste de segurança no Reator 4.

    A contaminação atingiu a Ucrânia, Belarus e a parte europeia da Rússia. A radioatividade chegou à Europa Oriental, às nações escandinavas, assim como à Suíça e Áustria. O desastre levou ao aumento das taxas de câncer entre crianças e adultos, assim como a defeitos congênitos.

    Logo após o desastre, a União Soviética estabeleceu uma zona de exclusão sobre uma área de cerca de 1,6 mil km². Mesmo agora, 33 anos depois, a zona continua sendo a região mais contaminada do mundo.

    No entanto, os perigos da radiação não impediram o boom turístico depois da série da HBO, Chernobyl, que detalhou as circunstâncias em torno da tragédia e os enormes esforços para saná-la.

    A área se tornou uma grande atração turística, recebendo diversas pessoas que vão ao local mesmo sem autorização oficial do governo ucraniano.

    Mais:

    Lobos radioativos de Chernobyl poderão espalhar mutações para países vizinhos?
    Marcas de Chernobyl: veja VÍDEO da cidade abandonada de Pripyat após 33 anos
    Melhores fotos da semana em que turistas visitam zona de exclusão de Chernobyl
    Na zona de Chernobyl haveria animais mutantes: mito ou realidade?
    Tags:
    Chernobyl, Vladimir Zelensky, Operação Pripyat, Ucrânia, Áustria, Suiça, Belarus, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar