16:02 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson (foto de arquivo)

    Não vamos pagar nada! Boris Johnson ensaia calote na União Europeia

    © REUTERS / Mary Turner
    Europa
    URL curta
    2479
    Nos siga no

    Boris Johnson, o favorito para suceder Theresa May no posto de primeiro-ministro da Grã-Bretanha, disse que vai reter o pagamento de 39 bilhões de libras (50 bilhões de dólares) que Londres pagaria para deixar a União Europeia.

    Segundo o político, o objectivo do calote seria forçar a negociação de melhores condições para o Brexit.

    "Sempre achei extraordinário que devêssemos concordar em assinar todas as verificações antes de formalizar um acordo final. O dinheiro é um ótimo solvente e um ótimo lubrificante para conseguir um bom negócio", disse Johnson ao jornal The Sunday Times.

    Os 39 bilhões de libras se referem à dívidas pendentes do Reino Unido com a União Europeia. O valor deverá ser pago durante vários anos, segundo o acordo sobre a saída da Grã-Bretanha da UE (Brexit), negociado em maio deste ano.

    Tags:
    Brexit, Uniao Europeia, Grã-Bretanha, Boris Johnson
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar