00:01 26 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Bombeiros extinguem lixeiras incendiadas após um protesto contra a brutalidade policial no subúrbio parisiense de Bobigny.

    Bombeiros de Paris acusados de promover estupro coletivo em base de trabalho

    © Sputnik / Julien Mattia
    Europa
    URL curta
    210

    Autoridades policiais estão interrogando três bombeiros de Paris sobre um suposto estupro coletivo contra uma mulher em Plaisance, informou o Le Parisien.

    Os bombeiros, que estavam de folga no momento do alegado crime, levaram "pelo menos" três mulheres ao alojamento nas primeiras horas da manhã de sábado, após uma festa de bebedeira. 

    Uma das mulheres é estrangeira e registrou uma queixa oficial à polícia. O Ministério Público confirmou o fato de que a queixa foi entregue a eles, mas não forneceu detalhes adicionais sobre o caso.

    Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Paris, tenente-ministro Gabriel Plus, citado pelo Le Parisien, uma investigação interna foi aberta e os bombeiros serão suspensos de suas funções, acrescentando que tais ações "não podem ser toleradas" e, se comprovadas, "vamos impor a eles nossa maior firmeza”.

    "Elas [as ações] são contra os valores defendidos pelos bombeiros de Paris, que devem ser exemplares, o que, obviamente e felizmente, é o caso da imensa maioria deles", acrescentou Plus.

    Ao contrário da maioria dos bombeiros franceses, os que realizam serviços em Paris são profissionais de alto nível e considerados militares.

    Tags:
    Le Parisien, Corpo de Bombeiros de Paris, Gabriel Plus, Paris
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar