14:30 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko

    Ucrânia: Poroshenko concede derrota e promete ajudar em aproximação com OTAN e UE

    © Sputnik / Serviço de imprensa do presidente da Ucrânia
    Europa
    URL curta
    0 222

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, concedeu sua derrota no segundo turno nas eleições presidenciais neste domingo (21) e afirmou que aceita a decisão dos eleitores.

    "Caros ucranianos, deixarei o cargo de chefe de estado no próximo mês, decidiu assim a maioria dos ucranianos, eu aceito essa decisão ", disse Poroshenko em seu quartel-general.

    Comentando o resultado do pleito, Poroshenko afirmou que tem como mote uma frase atribuída ao ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill: "nunca desista".

    "Eu e minha equipe estão prontos para dar uma mão para o novo presidente em todas as decisões que correspondem aos interesses nacionais da Ucrânia e trazer-nos mais perto da União Europeia e da OTAN", disse em discurso transmitido pelo canal de televisão Priamoi.

    Poroshenko sublinhou que ele vai deixar o cargo presidencial, mas não vai abandonar a política.

    De acordo com pesquisa de boca de urna, o ex-comediante Volodymyr Zelensky recebeu 73,2% dos votos no segundo turno do pleito, contra os 25,3% de Poroshenko.

    Zelensky confirmou que Poroshenko o parabenizou pela vitória. 

    Mais:

    Poroshenko promete 'processo político' no leste da Ucrânia se for reeleito
    Assange pode revelar papel da Ucrânia no caso sobre conluio russo, diz advogado de Trump
    'O que ocorre na Ucrânia, Síria ou Venezuela é preço que mundo paga pelo sistema unipolar'
    Tags:
    Pyotr Poroshenko
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar